3.02.2016

FEITIÇOS INFALIVEIS PARA TER A PESSOA AMADA NA PALMA DE TUAS MÃOS


ADOÇANDO E UNINDO COM SANTA BÁRBARA







Terça-feira de Lua Crescente.

Casal de bonequinhos de pano vermelhos
vidro com tampa que caibam os bonecos
mel
fita vermelha
vela a Santa Bárbara
canela em pó
cravos-da-índia
açúcar branco e mascavo
papel branco sem pauta
caneta preta
vinho tinto (atração pelo masculino)
maçã triturada
essência de baunilha
Pós: união, domínio, desespero
óleos: domínio, controle e desespero.







Batize os bonecos com água benta, com seus respectivos nomes. Escreva o nome completo do homem amado no boneco e o seu nome completo na boneca.

Escreva o nome completo dele na fita e o seu por cima, com caneta preta.
Escreva no papel 7 vezes o nome dele e 7 vezes o seu por cima; ponha entre os bonecos, cara a cara.
Amarre os bonecos assim:

Primeiro nó:

“Ato as vidas de —e — para que nunca nada nem ninguém nos possa separar e fique atado até quando eu o queira assim.
Uno meu corpo e o de — e ponho como minha defensora Santa Bárbara, para que me ajude a dominar a —, para que quando eu o peça ou exija, ele me conceda e faça tudo o que eu queira sempre”.


Segundo nó:
“Ato teus pensamentos —ao meus, que sou—, para que só penses em mim;
Que andes como um cãozinho atrás de sua dona, sem poder comer, dormir nem descansar, sem antes pôr todos os teus sentidos somente em mim, que sou —”.


Terceiro nó:
“Ato teus sentidos —, para que tudo o que sintas seja só por mim, —”.

Quarto nó:

“Ato tua vontade a minha, para que faças quanto eu te peça e tenhas que fazer só o que eu te peça e tenhas que fazer só o que eu deseje”.


Quinto nó:
“Ato teu coração firmemente ao meu, —, para que só palpite de amor por mi e por nenhuma outra mulher além de mim, —”.


Sexto nó:
“Ato e ligo teus passos —, para que só caminhes até mim e até minha casa, rendido e humilhado, e não possas caminhar por nenhum caminho que não sejam os meus”.


Sétimo nó:
“Ligo e ato tua vida, — , junto a minha, para que nunca possas sair do meu lado.
Que jamais possas beijar outros lábios que não sejam os meus, —.
Que não possas abraçar outro corpo que não seja o meu.
Que não possas ter prazer sexual com outra que não seja eu, —.
Santa Bárbara, com tua força e poder, ajude-me a dominar e reter o carinho, amor e vontade de —.
Santa Bárbara, a ti entrego esta união, em nome de — e eu, —, para que sempre o tenha amarrado
a mim, —.”


Ponha os bonecos no vidro, adicione os pós e óleos, pedindo o que deseja com muita fé.
Ponha a canela, essência, os cravos e o vinho tinto.
Parta a maçã em duas, retire as sementes, triture e despeje encima dos bonecos.
Despeje mel, dizendo:


“Como o mel é doce,
que Santa Bárbara me ponha doce ao olhos de —quando esteja comigo”.



Tampe o vidro e agite-o dizendo a oração a Santa Bárbara, pedindo com muita fé o desejado.
Acenda a vela e faça o pedido. Deixe-a ao lado do vidro e diariamente, por sete dias, agite o vidro, fazendo a oração e seus pedidos.
Quando a vela terminar, guarde o vidro onde ninguém veja ou toque.



FEITIÇO PARA SEU AMOR NÃO TE DEIXAR





Este trabalho invoca Santa Helena com o objetivo de evitar que a pessoa amada abandone o lar conjugal ou garantir que ela não possa ficar muito tempo longe de casa.


Deve ser iniciado em um sábado.


3 pregos pequenos
1 meia da pessoa a ser enfeitiçada
Pó Amarração
Pó Cordeiro Manso
Pó Atração ou Chama
erva carrapicho
erva vence-demanda
erva agarradinho
pano vermelho
fita vermelha
Óleo “Domínio”
1 vela em formato de homem ou mulher (dependendo do sexo)
3 velas vermelhas
1 imagem de Santa Helena (pode ser impressa, da internet)







Espalhe o pano sobre a mesa que serve de altar. No centro do pano coloque a imagem de Santa Helena. Na vela em formato humano, escreva o nome completo da pessoa amada.
Unte a vela com o óleo, mentalizando a pessoa. Diga:


"Criatura de cera, eu te consagro a fim de tornar-te simulacro vivo de (nome da pessoa)”.


Salpique sobre a vela os pós. Coloque a vela no centro do pano, sobre a imagem da santa. Pegue a meia e pregue-a na base da figura de cera com os três pregos.
Ao redor da vela, espalhe em sentido horário as ervas.
Disponha as três velas vermelhas em triângulo e acenda-as.
Acenda a vela figura e recite a Oração de Santa Helena:


“Gloriosa Santa Helena, filha da rainha de Jerusalém.
A Jerusalém foste, três pregos contigo levaste, um o consagraste e terça-feira no mar o atiraste.
O outro o entregaste a seu irmão Cipriano, de modo a vencer guerras e batalhas. E este que te restou entre as mãos abençoadas eu não te peço dado, mas sim emprestado, para pregar os pés de (nome da pessoa) aqui neste lugar (dizer o lugar). Prende seus passos, seus pensamentos, seu caminho neste lugar, e daqui não se afastará. Ó, gloriosa Santa Helena, mãe amadíssima do rei Constantino, vós que sois filha de rei e rainha, que no Monte das Oliveiras andaste, por grande amor a Jesus, escuta-me. Invoco sua poderosa intercessão, a fim de conseguir o que eu quero”.


Reze 3 Pai Nosso, 3 Ave-Marias e 3 Glória ao Pai.


A este ponto, diga:


“Bendita Santa Helena, concede-me o que peço e eu vos prometo que, durante três meses, no primeiro sábado de cada mês, vos acenderei uma vela vermelha como sinal de gratidão diante de sua imagem sagrada. Que assim seja”.


Deixe a vela em formato humano consumir até os joelhos, então apague-a com os dedos.
Deixe as outras velas terminarem. Então enrole tudo no pano e amarre com a fita, dando três nós.
O pacote deve ser escondido ou enterrado no lugar onde você quer "prender" a pessoa.
Quando seu pedido for atendido, cumpra a promessa feita a santa.



AMARRAÇÃO DE AMOR COM VELAS







1 copo branco, liso, virgem; melado de cana; 2 velas brancas.
1) escreva o seu nome em pedaço de papel branco sem pauta e, em outro pedaço, o nome da pessoa que se quer unir;
2) pega-se uma das velas brancas e raspa-se a base,
de modo a se fazer um novo pavio ;
3) pega-se o copo e enche-se o mesmo com água
e mel de abelha;
4) a seguir, enrola-se o papel com o nome da
pessoa que solicita a magia, na outra vela branca
e, o papel com o nome da pessoa que se quer unir a ela, em volta da outra vela, isto é, da vela
cuja base tivermos raspado;
5) acende-se a vela em cuja volta se tenha amarrado o papel com o seu nome e mergulha-se a mesma no copo d’água com melado;
6) isto feito, pega-se a outra vela, isto é, a vela
que tenha o papel com o nome da pessoa a ser unida e acende-se a mesma na luz com outra (primeiramente o pavio normal e, em seguida o pavio que se tiver feito raspando a vela na base)
logo depois, vira-se a vela de pernas para o ar e coloca-se
a mesma também dentro do copo, ao lado da outra
7) isto feito, coloca-se o copo, com as duas velas
assim acesas, em lugar alto acima de sua cabeça e deixa-se ficar,
pelo menos durante 3 ou 7 dias, sem mexer.




Observações importantes e necessárias:
1 ) quando acender a vela com o seu nome, diz-se: - Esta vela é para o Anjo de Guarda de fulano(a)
e, só depois, é que se a colocará dentro do copo;


2) ao se acender a outra vela, de pernas para o ar e, a seguir, se a colocar
também no copo, ao lado da outra, diz-se o seguinte:


Esta vela é para o Anjo de Guarda de fulano (a)
(diz-se o nome da pessoa que se quer unir ou amarrar
à outra) e, assim como a estou virando de pernas para
o ar, também estou virando o Anjo de Guarda de fulano(a) diz-se o nome da pessoa que se quer unir ou "amarrar" à outra) e de tal forma o faço que, doravante,
ele não terá vontade própria, será como um escravo
de (a pessoa que faz a magia) e por esta magia de união que estou fazendo,
assim como estou unindo os Anjos de Guarda de fulano
e fulano (a) , também serão unidos os seus corpos
físicos, ou seja, suas pessoas, num verdadeiro e indissolúvel
casamento (ou numa verdadeira e indissolúvel
união).


NOTA: Normalmente as velas colocadas dentro do copo com água e mel deveriam apagar tão logo o fogo atinja o nível da água.
No entanto, por esta magia, elas queimarão até que se misturem e, desta forma, fiquem num único bloco de cera, uma verdadeira crosta dela formada. É quando, então, o feitiço dá certo.



FEITIÇO DE AMARRAÇÃO COM GARRAFA





1 garrafa incolor vazia, de 1 litro (preferencialmente); 1 lenço branco virgem (ou retalho de pano branco virgem ou uma peça íntima sua usada; 1 vela branca, comum.


1) Ponha o lenço (ou pano ou peça) contendo os fluidos sexuais de vocês, obtidos após o ato sexual sem que a pessoa suspeite, dentro da garrafa;


2) enterre a garrafa na terra do quintal de sua casa;


2) por cima acende-se uma vela branca, comum.


AMARRAÇÃO DE AMOR COM MEIAS






Par de meias usado e sem lavar da pessoa que se quer unir
1 vela para o seu Anjo de Guarda e outra para o Anjo da
pessoa que se quer unir; copo liso, incolor, virgem; vidrinho de mel.


1) acende-se uma vela branca, comum,
para o seu Anjo de Guarda e outra, pelo avesso, isto é, depois de ter raspado o pé, fazendo-se, assim, um novo pavio,
colocando-se as duas, uma ao lado da outra, dentro
do copo com água e mel de abelha (o copo, com as
duas velas, deverá ser colocado em lugar alto, mais ou
menos na sua altura da pessoa);


2) amarra-se as duas meias, pela boca,
uma à outra;


3) um após outro, dê 7 nós, apertados, sendo 4 quatro num dos pés
da meia e 3 no outro pé e, enquanto isso for
feito, diga:
“Com estes 7 nós, estou amarrando (nome da pessoa amada) a (o seu nome),
pelas forças da Magia Negra”.
Ponha tudo dentro do travesseiro em que dormir


AMARRAÇÃO COM BONECO




Boneco de pano (feito com retalho de roupa usada, suada, da pessoa amada); planta sensitiva (dormideira); Pós: atração, união, amansa-guapo, gamação, sedução; vinho seco, mel, rum, papel com assinatura da pessoa amada, terra da pegada da pessoa amada, vidro escuro com tampa.




Recheie o boneco com todos os ingredientes e costure a abertura.
Coloque-o dentro do vidro e tampe; cubra com peça de roupa da pessoa e amarre fortemente ao vidro, dando 7 nós e chamando pela pessoa amada.



AMARRAÇÃO







1 vela vermelha em forma de homem


1 vela vermelha em forma de mulher


3 metros de fita vermelha


Mel puro


Óleo atrativo do amor


Pós: Atração, União, Domínio, Amarração


Alfinetes de cabeça vermelha


Caneta preta


Canela em pó


Água benta


1 Prato branco virgem


Retalho de pano vermelho


Peça íntima usada da pessoa a ser amarrada (se você tiver) e sua também


Fotos das pessoas a amarrar, ou retalho de roupa, fios de cabelo, enfim, algo pertencente a pessoa amada (se não tiver, o feitiço não terá a mesma força, mas ainda poderá ser feito)




Grave nas figuras de cera, com alfinete, os nomes correspondentes; batize-os com água benta dizendo “Não és vela nem pavio, és espírito, corpo e alma de (nomes)“.


Crave as fotos com alfinete sobre as figuras de cera (recorte o rosto e fixe em cada figura)


Unte as figuras com o óleo e salpique os pós, deixe-os secar à luz da lua crescente, por 3 horas. Enquanto isso, escreva na fita os nomes completos de vocês por toda extensão, diversas vezes.


Ponha as figuras no prato, frente a frente, e amarre-os, dando 5 nós e fazendo seu pedido a cada nó feito.


Despeje mel sobre as figuras, canela e os pós. A figura de cera representa o corpo físico, o pavio é a mente e a chama é o espírito. Acenda as velas.


Embrulhe os resíduos, após as velas acabarem, na peça íntima da pessoa amada e em seguida na sua peça íntima. Então envolva no pano vermelho e enterre no jardim ou canteiro de sua casa.
Se a pessoa amada passa por algum lugar com canteiros, ou se fora de sua casa há uma árvore, enterre aí, para melhores resultados; se for possível que a pessoa amada pise no local, melhor será.



Se não houver resultado em um mês, repita o trabalho.



AMARRAÇÃO DA MAÇÃ





4 caixas de velas brancas; 1 vaso de barro com 40 cm de altura, no mínimo;

1 potinho de barro com tampa; 1 maçã; 1 pacote de terra preta; melado de cana; muda de lírio branco, amor-perfeito ou qualquer flor sem espinho de raiz rasteira; ½ quilo de cimento branco ou gesso branco.


Em papel branco sem pauta, escreva o nome da pessoa a ser unida, da esquerda para a direita, de cima para baixo, em diagonal; escreva seu nome da esquerda para a direita de baixo para cima, em diagonal; por cima do dela.

Pegue a maçã, retire em forma de cone a parte do cabinho, coloca-se o papel dobrado no buraquinho, despejando melado encima.


Recoloque o pedaço retirado e ponha a maçã dentro da cumbuca tampada,

lacrando com cimento ou gesso; ponha a cumbuca dentro do vaso, já cheio com terra, devendo a cumbuca ficar, assim, mais ou menos na profundidade correspondente à metade da altura total do vaso e, por cima dela, coloca-se mais terra.


Acenda duas velas brancas juntas, a da esquerda para o seu Anjo de Guarda e a da direita, para o Anjo de Guarda de quem se quer "amarrar".

Acende-se duas velas de cada vez, nessas condições, durante mais 6 dias, ou seja, num total de 7 dias, sempre à mesma hora.

Após 7 dias, planta-se o Lírio no vaso, estando pronta a magia, que durará 7 anos.



AMARRAÇÃO COM CORAÇÃO DE BANANEIRA



Consiga um coração de bananeira prata e parta ao meio.
Escreva o nome da pessoa com o seu por cima, fazendo um emaranhado, e coloque em uma das bandas do coração.
Cubra os nomes com uma mistura de fava de alibé ralado, aridã em pó e açúcar cristal.
Coloque a outra banda de coração por cima e amarre com fitas azuis e amarelas.
Enterre aos pés de uma árvore, na manhã de uma quinta-feira, fazendo os seus pedidos com muita fé a Oxumaré.


AMARRAÇÃO DE AMOR COM NÓS





Um fio longo de cordão vermelho


Foto sua e da pessoa desejada


Duas velas vermelhas


Uma bolsinha de pano vermelho que caibam as fotos








Este feitiço funciona melhor quando ambos já são apaixonados.

Não é indicado para amarrar alguém à força, principalmente em caso de separação e divórcio.

Coloque todos os itens sobre seu altar. Respire fundo várias vezes, pegue a foto da pessoa amada e olhe diretamente para ela. Visualize a pessoa lhe dando amor e atenção. Acenda a vela e diga:



Como chama e fogo


Eu crio desejo.


Faço esse encantamento


E gero paixão.


Respire fundo novamente, várias vezes, acenda a outra vela e repita:


Como chama e fogo


Eu crio desejo.


Faço esse encantamento


E gero paixão.

Pegue as fotos e exponha uma à outra. Segure-as perto do coração e visualize o romance, sinta a paixão entre você e a pessoa amada. Coloque as fotos entre as velas. Pegue o cordão e faça sete nós, igualmente espaçados entre si. A cada nó que fizer, diga:

Pela Terra e pelo céu


Venha para mim no sétimo nó.




Pegue as fotos novamente, deixando-as sempre expostas uma à outra e amarre-as com o cordão. Enquanto faz isso, entoe com emoção:

Com nó e cordão, seu amor é meu


De coração para coração, eu amarro com firmeza.


Coloque as fotos amarradas de volta no altar, entre as velas.

Quando as duas velas tiverem queimado completamente, coloque com amoras duas fotos na bolsinha vermelha. Guarde-as com você durante o dia e debaixo do travesseiro à noite.
VUDU DO AMOR




1.Ponha numa tigela e macere tudo: sementes de papoula, erva-doce, amor-agarradinho, oriri, oripepê, macaçá, água de rosas, água de melissa, água de flor de laranjeira. Ponha dentro de um boneco de pano (melhor que tenha sido feito por você, mas pode ser comprado).





2. Cole a foto do rosto da pessoa na cabeça do boneco.


Salpique água benta sobre o boneco, dizendo:





Abençoada seja, criatura feita de axé.


Pelo axé feito, pelo axé transformado.


Tu não és de pano, mas de carne e sangue.


Eu te batizo (nome completo da pessoa a ser conquistada)


Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém”.





3. Espete alfinetes de ponta vermelha no rosto do boneco (foto), coração, área sexual, mãos e pés. Enquanto espeta, faça seu pedido.





4. Escreva os nomes completos dos amantes com caneta preta em fita vermelha e amarre o boneco a um suporte de vidro para vela votiva, contendo uma vela votiva vermelha já cruzada (consagrada). Acenda a vela, que queimará por 7 dias.





5. Fazendo as rezas fortes, pingue gotas de cera de vela vermelha comum sobre o boneco, “soldando-o” ao suporte da vela.





6. Acenda um cigarro e fume em nome da pessoa que está sendo enfeitiçada (escreva o nome dela no cigarro, acenda e dê 21 baforadas, soprando sobre o boneco e dizendo o que quer conseguir). Ponha fotos de vocês embaixo do suporte da vela.


15 ou 20 dias após a vela terminar, o feitiço é terminado e os resultados são evidentes.










AMARRAÇÃO (POMBAGIRA DAMA DA NOITE)





Objeto da pessoa desejada ou foto em que ela esteja sozinha

Gotas do seu sangue (não menstrual)

1 rosa branca sem o talo

pote vazio de geléia, com tampa




Em noite de Lua Cheia, em área externa, onde você fique sob o luar.


Trace um círculo ao seu redor, com sete incensos de dama-da-noite. Então diga:


"Laroiê, Dama da Noite! Peço tua presença neste lugar, senhora, ouve e atende meu pedido."


Entre no círculo; fure o dedo com uma agulha esterilizada e deixe cair uma gota de sangue
dentro da rosa e recite:


"Dou em sacrifício o meu sangue, para que minha oração seja aceita.

Traga-me (nome da pessoa desejada) e amarre-o a mim, para que eu me torne seu néctar,
como o meu sangue o é agora para esta rosa”.


Ponha a rosa dentro do pote de geléia.

Deixe cair uma gota de sangue sobre o objeto ou foto da pessoa desejada, dizendo:

"Ouve o chamado do meu sangue, (nome da pessoa desejada) amado(a).

Eu sou teu néctar e só de mim você vai beber. Vem a mim, eu te chamo."


Ponha o objeto dentro do vidro e feche-o.

Agradeça com suas palavras ou dessa forma:


"Dama da Noite, eu vos agradeço por ouvir minha oração; me despeço agora."

Após os incensos queimarem, saia do círculo. Enterre o pote em seu jardim ou em vaso de planta mantido em sua casa.






AMARRAÇÃO COM PEÇAS ÍNTIMAS







Peças íntimas de vocês, usadas; o cristal granada; 3 velas vermelhas.

Terça-feira de Lua Cheia, meia-noite.

Ponha a sua peça íntima e a da pessoa amada dispostas em cruz (a sua peça por cima).

Ponha o cristal no centro, e dê 3 nós, dizendo a cada um:

“Pela mente, pensamento e vontade de (Nome dele/a)”.

Ponha o embrulhinho no meio das velas (com nome da pessoa gravado nelas) dispostas em triângulo, até terminarem de queimar. Depois esconda em sua casa.









FEITIÇO PARA AMARRAR O SER AMADO





Esta magia é para atar a pessoa por quem você está apaixonado(a).

Vela vermelha (na forma do sexo da pessoa amada), pedaço de linha grande da sua roupa e da roupa do “alvo”.

Grave o nome da pessoa e símbolos de amor na vela.
Unte a vela com óleo atrativo do amor.
Foque em sua meta, para atar essa pessoa a você, em amor.

Pegue as duas linhas e amarre-as juntas em uma extremidade, em seguida, na outra, enquanto diz:

"Eu ato este nó para trazer o amor de (Nome). Eu ato este nó para trazer o desejo de (Nome) ".


Enquanto amarra um segundo nó em cada extremidade, diga:

"Eu ato este nó e trago a fidelidade de (nome) para mim.
Eu ato este nó para trazer o amor de (nome) para mim".


Amarre um terceiro nó em uma extremidade da corda, dizendo:

"Vinde a mim, (nome), que assim seja".

Acenda a vela e diga: "O fogo do amor queima no coração de (nome)".

AMARRAÇÃO AOS PÉS DE EXU/ POMBAGIRA









A palmilha dos sapatos da pessoa amada, 7 alfinetes, pedaço de camiseta dela, fios de cabelo dela, palha de milho, amansa-guapo, carretel de linha amarela e vermelha.

Põe-se os nomes em cruz e amarra-se com as linhas; coloque 3 dias ao pé de exu/pombagira (assentamento), espete os alfinetes, enterre e dê um agrado ao exu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.