6.17.2019

SIMPATIAS PODEROSAS DE SÃO JOÃO


  SIMPATIA DO CARVÂO  PARA SABER SE IRÁ CASAR ESTE ANO

Pegue dois pedaços de carvão, de tamanhos diferentes e coloque-os numa bacia (de preferência de ágata) com água.

Deixe-a debaixo da sua cama. O primeiro pedaço colocado representa o ano em que se encontra e o segundo pedaço, o ano seguinte.

No dia seguinte, você saberá se encontrará sua alma gémea neste ano ou não dependendo do carvão que boiar primeiro no dia seguinte.

 SIMPATIA DA BANANEIRA PARA SABER O NOME DO SEU AMOR
Na noite de 23 para 24 de Junho, enfie uma faca nova e nunca usada no caule de uma bananeira.

Na manhã seguinte, retire a faca. A letra que ali aparecer será a inicial de seu futuro companheiro ou compaheira

 Simpatia da bacia, para descobrir o nome do seu amor

Na noite de 23 para 24 de Junho, escreva diversos nomes em pedaços de papel e coloque-os, dobrados em quatro, numa bacia com água.

O que amanhecer aberto indicará o nome de seu futuro companheiro ou companheira.

 SIMPATIA DAS AGULHAS PARA SABER SE O ESTÁ PRÓXIMO

No dia de São João, coloque duas agulhas de tamanhos iguais dentro de uma bacia com água contendo duas colheres de açúcar.

Se no dia seguinte elas estiverem próximas, simboliza que o casamento também está próximo.

  Simpatia do manjericão, para descobrir idade do seu amor:

Passe um ramo de manjericão na fogueira e atire-o ao telhado. Se na manhã seguinte o manjericão ainda estiver verde, o casamento é com moço. Se murchar, é com velho.

  SIMPATIA DOS 3 PRATOS DE ÁGUA (SOLTEIROS)

Separe três pratos, um sem água, outro com água limpa, e outro com água suja: quem faz a experiência aproxima-se com os olhos vendados e põe a mão sobre um deles; o prato sem água não dá casamento, o de água suja indica que o casamento será com um viúvo, e o de água limpa, com solteiro.
SIMPATIA DE SÃO JOAÕ
Colocar sobre a mesa três pratos contendo: flores, água e um terço ou rosário. Os candidatos à sorte, vão entrando com os olhos vendados e postam-se atrás das cadeiras em cuja frente estão os pratos, cuja sorte é: com flores, casamento; com terço, ingresso na vida religiosa; com água, viagem. Esta água nos informa que é uma sorte característica de regiões marítimas ou fluviais.








SIMPATIA DA VELA
Em uma bacia ou prato virgem, colocar água e levá-la para a beira da fogueira, na noite de S. João. Acender então uma vela e, enquanto vai rezando uma Ave-Maria, deixar os pingos da vela caírem na água. Depois é só interpretar a inicial da letra do homem com quem vai se casar.

SIMPATIA DO BALÃO

Quando estiverem soltando um balão, “colocar” nele um pensamento. Se subir, acontecerá o que se pensou, mas caso se incendeie, tristeza e frustração ao “sorteiro” que, certamente, ficará solteiro.


SIMPATIA DO CRAVO

Às 18h00, na véspera de São João, colocar um cravo num copo com água. De manhã, observe: se estiver viçoso, é sinal de casamento; se estiver murcho, não haverá casamento.

SIMPATIA DA FITA NO TRAVESSEIRO
Prenda uma fita no travesseiro e reze para São João. No outro dia, se aparecer solta é porque você casar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.